Livros‎ > ‎

1º Livro



O Professor do século XXI:
a busca pela excelência no ensino através da FLEXITORIDADE

“Como é que é? FLEXITORIDADE? Mas o que é isso?”

Esse, geralmente, é o diálogo das pessoas quando conversam conosco a respeito dessa “Reação Didática Docente” implementada por este Professor em sala da aula, com sucesso.

Com o objetivo de melhorar o processo de ensino-aprendizagem (relação professor-educando) e “quebrar” diretamente o conservadorismo, remanescente do modelo tradicional implantado pelos jesuítas no início do século XVI e enraizado até hoje na didática do corpo docente em geral, que insiste na transmissão e memorização de conteúdos para as crianças, adolescentes e adultos que frequentam os bancos escolares, esse novo conceito permite uma readequação desse processo às necessidades do século XXI.

Uma ação renovada em sala de aula baseada na FLEXITORIDADE (Flexibilidade + Autoridade na interação dos personagens: Professor e Educando) é o início de uma mudança de atitude entre o sujeito e o objeto, que na verdade, devem ser considerados sujeito e sujeito-futuro, ou seja, o primeiro orienta e o segundo busca a consciência crítica autônoma (objetivo principal do saudoso Paulo Freire).

Se não iniciarmos essa mudança com atitudes condizentes ao nosso tempo, não responderemos não renovaremos a maneira de gerar conhecimento entre sujeito e sujeito-futuro, o que endossa a nossa situação atual de “um Gafanhoto tentado ensinar uma Formiga a voar”. Venha comigo nessa jornada!



Dedico esse livro a minha primeira e
preferida aluna, Luana (eu te amo filha)”.

Paulo Fernando Minotti,
24 de jan de 2016 01:49